Fernando Maculan

é arquiteto formado em 1997 pela Escola de Arquitetura da UFMG. Sua carreira profissional inicia-se na AUA, onde foi sócio-fundador (1998-2003). Trabalhou no escritório de arquitetura Hayano Gumi, em Tóquio (2004-2005) e dirigiu o projeto Designing Across Boundaries em Londres, com as designers Paula Dib e Renata Mendes (2007-2008). É sócio-fundador da Molmaculan Design com Adriano Mol (desde 2003), integrante do Laboratório Piracema de Design (desde 2006), colaborador do Grupo Corpo Companhia de Dança (desde 2008), e arquiteto associado da BCMF Arquitetos (desde 2011). É co-fundador e co-editor da MDC – Revista de Arquitetura e Urbanismo e curador do projeto Coarquitetura, que inclui a participação de seus alunos da EAUFMG (2010). Maculan recebeu prêmios no Brasil, Bélgica e China e teve trabalhos expostos no Brasil, México, Alemanha, Reino Unido, Itália, Coreia do Sul e Japão.

Mariza Machado Coelho

arquiteta formada pela Universidade Federal de Minas Gerais, fundou a A&M Arquitetura com o arquiteto Álvaro Hardy, em 1990. Seus projetos em Belo Horizonte incluem intervenções urbanas como as revitalizações da Orla e do Parque Ecológico na Pampulha; da Rua dos Carijós, da Praça Rio Branco e da Praça Carlos Chagas; intervenções em edifícios institucionais como a da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, da Casa do Baile na Pampulha (em parceria com o arquiteto Oscar Niemeyer) e do Palácio das Artes; museus como o Museu Histórico Abílio Barreto; edifícios institucionais como o Memorial da Imigração Japonesa, na Pampulha. Publicações de seu trabalho incluem a revista Módulo, AU – Arquitetura e Urbanismo, L’Architecture D’aujourd hui, Summa e livros como Arquiteturas no Brasil anos 80 e Architects from Brazil, 1995. Recebeu prêmios como a  Menção Honrosa na 9ª Premiação do IAB com a Reforma do Cine Brasil; 1º lugar na 8ª Premiação de Arquitetura do IAB-MG, com o projeto do Museu Histórico Abílio Barreto; Medalha do Centenário de BH; 1º lugar no Concurso Nacional para o projeto da Reestruturação da Praça Rio Branco, em BH e o Diploma de Honra ao Mérito pela Câmara Municipal de BH. Em 2005 associou-se ao arquiteto Fernando Maculan e fundaram a MACh arquitetos.

Campo de trabalho

O campo de atuação da MACh é bastante amplo, e abrange projetos residenciais, institucionais, esportivos e urbanos, ao lado de intervenções no patrimônio histórico edificado. A cultura tem sido, nos últimos anos, a área que reúne as mais numerosas realizações do escritório, entre expografia, cenografia, projetos museográficos, arquitetura de museus, galerias, sedes de grupos e instituições culturais.

Filosofia

Na MACh, nós absorvemos a diversidade como matéria-prima para nossa prática profissional e concepção de nossos projetos.

Nós consideramos complexidade e variação os mais desafiadores e generosos recursos para nosso trabalho. Trabalhar com pessoas diferentes e para pessoas diferentes; lidar com temas variáveis, em locais distintos; adaptar materiais, ferramentas e técnicas; compreender tradições e comportamentos, e identificar expectativas para o futuro. Nós acreditamos que toda esta riqueza de possibilidades pode gerar uma profusão de formas que revelem tanto os usuários quanto os autores.

É possível, entretanto, reconhecer denominadores comuns em nossos projetos: a busca pela síntese formal que melhor e mais diretamente expresse os conceitos iniciais; a apropriação do ambiente externo e da paisagem como extensão da obra; a valorização da permeabilidade na arquitetura, com igual ênfase aos espaços vazios e cheios.

Outro aspecto importante em nossa prática é a colaboração. Descobrimos muito cedo que trabalhar em projetos multidisciplinares é uma ótima maneira de manter um aprendizado contínuo enquanto trabalhamos. Acreditamos também que a comunicação fluida entre as pessoas é um fator essencial para alcançarmos resultados integrados, especialmente no Brasil, onde a realidade sócio-cultural é tão diversa e as demandas por soluções arquitetônicas e urbanísticas são cada vez mais complexas. Nosso comprometimento é crescente com o processo global em torno de um tema de projeto.

Sobre o grupo

Trabalhamos em um ambiente propício à inovação através da colaboração de quatro empresas com atuações diferentes e complementares, que são parceiras frequentes e dirigidas por amigos: MACh Arquitetos, BCMF, Hardy Design e Vazio S/A. Nós trabalhamos colaborativamente em projetos urbanos e de várias escalas e complexidades, funcionando como um hub de empresas criativas com diferentes expertises, dividindo conhecimento e recursos como um time multidisciplinar de aproximadamente 30 profissionais altamente qualificados.

Equipe

Joana Magalhães
Ricardo Lobato